A associação das cores com os meses do ano tem sido bastante utilizada como forma de conscientização de assuntos relacionados com a saúde, como câncer e doação de órgãos. Há diversos exemplos no Brasil, os mais conhecidos são o Outubro Rosa, na prevenção e combate ao câncer de mama, e o Novembro Azul, contra o câncer de próstata. Somente em 2016, houve uma estimativa de surgimento de 57 mil casos de câncer de mama. Em 2017, foram contabilizados 61 mil novos casos de câncer de próstata. É importante que a sua empresa também fale sobre isso.

Uma marca que se mostra engajada com o Outubro Rosa e o Novembro Azul demonstra que está atenta para as causas sociais e que entre seus valores está a saúde de sua própria equipe e dos que são impactados pelas suas ações. Há diversos exemplos de campanhas que estão sendo promovidas por empresas em prol da conscientização sobre o câncer de mâma e próstrata. São rodas de debate, palestras, reuniões, programas educativos e eventos com o objetivo de incentivar a prevenção das doenças.

É comum mudar a identidade visual da marca temporariamente para as cores rosa e, depois, azul. O que é feito na comunicação no PDV, nas divulgações externas, nos sites e redes sociais. Também é popular a criação de frases de incentivo, como a da Hope Lingerie, em 2017, durante o mês de outubro: “todos unidos pela mesma causa”. Na mesma ocasião, a Usaflex apresentou o “Passo a passo em direção à vida”, com adesivos de vitrine distribuídos para o comércio e o uso de um lenço da cor rosa por seus vendedores. Os incentivos são outra forma de se envolver com as datas. O Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre decidiu oferecer descontos para a realização de exames de prevenção para suas seguradas em laboratórios parceiros.

Outros exemplos, dessa vez do Novembro Azul, mostram a caracterização da marca, representada por vendedores, pontos de venda e a própria equipe interna, e campanhas que envolvem desde consumidores até ações de endomarketing. O Grupo Malwee procurou sensibilizar o público por meio de uma comunicação: “Vestir o azul em grande estilo vai além do jeans!”. E, em 2017, o clube de futebol Coritiba apoiou o combate ao câncer de próstata e lançou uma versão do seu uniforme na cor azul, em uma edição limitada.

E como você pode demonstrar também seu apoio? Nossa dica é utilizar as ferramentas de Live Marketing para o propósito. É possível pensar nas ideias utilizadas de outras datas, como Dia dos Pais e Natal, adaptá-las e elaborar iniciativas eficientes e originais. Confira!

Outubro Rosa e Novembro Azul: prepare sua ação!

O Live Marketing é conhecido por criar experiências e realizar conexões entre pessoas e marca. Aqui, mostramos um pouco de como se deu a evolução desse tipo de comunicação. Também, para contextualizar, basta pensar no Natal. Na data festiva, a memória afetiva é intensificada por meio de referências aos bons momentos da infância. Em causas importantes, como o combate a doenças, é possível estabelecer um padrão similar, enfatizando a valorização da vida.

Além disso, o Live Marketing pode estar presente desde grandes propostas até em pequenos atos. Na sequência, algumas sugestões para sua marca colocar em prática!

  1. Evento de conscientização: trazer especialistas, profissionais e palestrantes para promover um dia de cuidados aos funcionários ou consumidores. O intuito é oferecer informação relevante e exemplos práticos de como se prevenir.

  2. Games interativos: que tal unir forças contra a doença? Promova jogos que estimulam o trabalho em equipe e o aprendizado. Assim, quanto mais as pessoas se envolvem nos games, mais informações recebem. No final, a mensagem pode ser a do participante se tornar um agente em prol da causa.

  3. O Dia Rosa e o Dia Azul: estimule que as pessoas vistam as cores em um determinado dia. Pode ser uma ação interna ou com os consumidores de um estabelecimento. Explique o motivo, tire fotos, divulgue no canal corporativo (caso o objetivo seja o endomarketing) ou nas redes sociais. Mais uma ideia é elaborar uma camiseta personalizada com a cor do mês, Outubro ou Novembro, e uma frase de impacto, que representa aquilo que a marca quer passar.

  4. O mês da prevenção: traga profissionais da saúde para falar com seus funcionários e estimule a realização de exames de prevenção. O que pode ser feito por meio de parcerias e incentivos.

  5. Todos fazendo o bem: uma causa social pode ser o incentivo que sua equipe precisa para aprender mais e combater o câncer de mama e próstata. É possível estabelecer uma meta: a partir de um número de exames realizados, a empresa irá fazer uma doação (valor financeiro, alimentos, roupas, brinquedos) para uma instituição que atua na luta contra as doenças. A organização pode fazer guichês para registrar os exames, contratar profissionais para falar sobre a campanha e produzir materiais de conscientização.

Quer mais insights? Os artigos sobre Dia das Crianças, ações de Verão, festa junina e Copa do Mundo, trazem ações que podem ser customizadas e replicadas. Dê uma conferida! Qualquer dúvida ou sugestão, fale conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.